A Idade de Ser Feliz

clip_image002

EU E O MAR - 10.07.2011 - Itanhaém - SP

 

Existe somente uma idade para a gente ser feliz,
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-los
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.
Uma só idade para a gente se encantar com a vida

e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo, nem culpa de sentir prazer.
Fase dourada em que a gente pode criar
e recriar a vida,
a nossa própria imagem e semelhança
e vestir-se com todas as cores
e experimentar todos os sabores
e entregar-se a todos os amores
sem preconceito nem pudor.
Tempo de entusiasmo e coragem
em que todo o desafio é mais um convite à luta
que a gente enfrenta com toda disposição
de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO,
e quantas vezes for preciso.
Essa idade tão fugaz na vida da gente
chama-se PRESENTE
e tem a duração do instante que passa.

(Autor desconhecido)

http://pensador.uol.com.br/textos_sobre_vida/

Li. Gostei. Me sinto um pouco assim. Chegou a hora de ser feliz..

2 Response to "A Idade de Ser Feliz"

Anônimo disse...

Oi Marcela...
Muito verdadeiro isso... concordo plenamente... como sugere Zíbia Gasparetto "O mundo tem muitas coisas boas a oferecer para quem tem a ousadia de buscar".
Em "O Matuto", de sua autoria, o próprio dança como se soubesse ter feito isso uma vida toda.
No meu caso, DANÇO O PRESENTE com muita intensidade, sem culpa nem pudor apenas com muita alegria e esperança de estar fazendo dele o MELHOR para mim e para os que me cercam.
Um beijo
Yeda Nuñer

Monica Loureiro disse...

Vim indicada para ler seu Blog e gostei muito.

Postar um comentário

 
powered by Blogger